Atravessando o tempo

Houve um tempo em que a imprensa de Dores do Indaiá era bem ativa. Cultura e política efervescentes formavam um terreno fértil para articulistas e jornalistas encherem as páginas dos jornais (sim, mais de um impresso circulou ao mesmo tempo pelas ruas da cidade, num constante estímulo às prosas de esquina e nos salões e círculos de amizade).

Mas o veículo de comunicação que se firmou como representante dos interesses da população e dos governos foi mesmo “O Liberal”, reconhecido como o mais tradicional jornal de todos os tempos.

Sua primeira edição chegou às mãos dos leitores em 1933, por iniciativa do prefeito de então, Cornélio Caetano. Naquela época, era redigido pelo escritor José Ribeiro Machado (Zezé Machado) e circulou até 1946. Deste ano até 1948, foi de propriedade de Rubens Fiúza. Também teve direção, durante anos, de Nilo Peçanha de Araújo. Depois, foi transferido para Bento Galvani, que se associou a Antônio Lopes Cançado, permanecendo ativo de 1973 a 1989. Reapareceu em 1993 como informativo da Prefeitura Municipal até o ano de 1996. Depois foi editado de 1997 a 2000, registrando fatos e mandatos políticos e todos os assuntos relacionados à cidade.

Em 2005, “O Liberal” ressurgiu, graças à Administração Municipal 2005/2008, noticiando ações do Poder Executivo e desenvolvendo pautas nascidas na própria comunidade, informando, através de matérias e notas, tudo o que era de interesse da população.

O jornal neste formato circulou de 2005 a 2008, algumas vezes alterando sua periodicidade, de acordo com a necessidade e a demanda.

Devido ao período eleitoral, e cumprindo determinações previstas em lei, a Prefeitura, que tinha o jornal sob sua responsabilidade, precisou suspendê-lo, até que pudesse editá-lo novamente, sem risco de publicar informações que pudessem influenciar no poder de decisão do cidadão eleitor.

A reeleição foi consumada e “O Liberal” voltou a circular, desta vez num formato renovado, mais compacto, colorido e "clean". Outra mudança foi o caráter puramente institucional, o que promoveu a divulgação de notícias da administração de maneira mais objetiva e clara. A periodicidade do veículo, em 2009, também sofreu algumas alterações e, depois de algum tempo, o jornal foi novamente suspenso, devido a cortes necessários no orçamento público.

A Prefeitura Municipal utiliza “O Liberal” como ferramenta de comunicação com os cidadãos dorenses, quando existem condições favoráveis para que o veículo seja editado.

Veja abaixo as edições mais recentes de “O Liberal”.

 

Edições em PDF - Gestão 2009-2012
Arquivos compactado em extensão zip - indisponível no momento

 
 

Março 2011

Julho/Agosto 2009

Maio/Junho 2009

Março/Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

 

Cadastre-se aqui para recebê-lo


 

Página Inicial
Prefeitura Municipal de Dores do Indaiá - MG
Rua Mestra Angélica, 318
Rosário - 35610-000 - Dores do Indaiá/MG
Secretaria de Assistência Social (37) 3551-4314
Secretaria de Educação (37) 3551-2619
Secretaria de Saúde (37) 3551-2637/2938
Departamento de Compras (37) 3551-4038
Departamento de Licitações (37) 3551-3570
Departamento de Tributos/Tesouraria (37) 3551-3577
Geral/Gabinete (37) 3551-3672
Agência TWD - Comunicação Digital